.mais sobre nós

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. A relação entre os pais d...

. A mãe que nada faz!

. Pôr o bébé a arrotar

. Um colo vazio . . .

. O papel do papá!

. Dizem os antigos. . .

. Chicco outlet

. Os Primeiros Meses da Gra...

. Planear o Bébé

. (Continuação)... onde pod...

.arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Abril 2009

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

A mãe que nada faz!

" Ela está em casa não faz nada!" ; " Então estão em casa?! ; " Não faz mais que a sua obrigação! " ; "Tem tempo para tudo!"; " Não, não trabalha, está apenas em casa", etc... etc... etc....

 

Estas são muitas das frases que caracterizam o trabalho mais mal pago do mundo e o menos reconhecido . . . ser doméstica e mãe a tempo inteiro.

 

Ninguem as vê como trabalhadoras, mas sim como as que vivem à conta dos que trabalham,  são as perguiçosas da familia, as que nada fazem e as que teêm tempo para tudo! Supostamente tudo o que aparece feito em casa acontece como que por magia, ou então como puro dever a dona de casa que em minuto algum deverá queixar-se da sua condição!

 

Porque afinal, citando as más linguas, teêm a vida que escolheram!

 

As suas mães e sogras mestradas e doutoras na subserviencia de antigamente, suspiram de ânsia e vergonha quando ouvem as mães de hoje reclamarem por um pouco de espaço só para si e em tom de graça vão ditando as suas regras para que sejamos tal qual como elas e para que o nosso marido tenha tudo pronto assim que chegue a casa!

 

Falemos então do dia da mãe que nada faz

 

06h00m - O mais velho acorda ( três anos) e começa a chamar! Quer leite ou nestum! Levantamo-nos á pressa e vamos ter com ele. Pedindo-lhe que não faça barulho pois estão todos a dormir ( principalmente a mais nova, que é quem não interessa acordar)

 

06h05m - Cozinha (um frio de rachar), preparamos o biberão á pressa pois o tempo de silêncio  do mais velho é limitado a dois ou três minutos

 

06h07m- Damos o biberão, ele acaba de beber e diz que quer ir para a sala brincar. Explicamos que ainda é muito cedo e faz frio. Ele vira-se de lado pouco convencido e deixa que o tapemos. Saimos do quarto.

 

06h10m - Acabámos de nos aconchegar. E começamos a sentir o calor das  mantas no corpo quando   de repente . . . pai, mãe, quero fazer xixi . . . ignoramos pois ainda usa fralda à noite . . . "mãe . . . pai . . . xiiiiiiiiiixxxxxiiiiiiiiiii" . . . e entretanto . . . "  à bruuuuuuuu... bruuuuuuuuuu . . . dádá" . . .  acorda a mais nova!  Resmungamos meia dúzia de asneiras e começa o dia !

 

06h20m - Tudo a pé, as luzes todas acesas. O mais velho faz xixi. E tagarela tudo e mais alguma coisa. Mesmo em frente a mais nova já em posição de querer gatinhar olha com os seus pequenos olhitos pelas grades da cama e assim que desaparecemos do seu campo de visão chora e reclama a nossa presença.

 

06h30m- O pai toma banho, a mãe toma banho, o mais velho corre pela casa e entra pela casa de banho deixando a porta toda escancarada, a bébé chora, a avó que dorme no quarto da frente finge que dorme com tamanha algazarra.

 

06h40m- O pai toma o pequeno almoço, o mais velho vê televisão, a mãe muda as fraldas ao bébé , dá-lhe o biberão, veste-a e trá-la para a sala onde se junta ao irmão.

 

07h30m - O pai está praticamente preparado, a mãe acompanha-o; a avó levanta-se e vai para a casa de banho.

 

07h40m - O pai saí, a mãe põe a máquina a lavar.

 

07h50m - A avó saí, a mãe aspira o chão.

 

08h00m - A mãe finalmente senta-se para tomar o pequeno almoço. Quando está pronta a dar as primeiras dentadas o mais velho aparece, quer cócó ou xixi. Levanta-se a mãe.

 

08h10m - A mãe senta-se outra vez e engole tudo à pressa.

 

08h30m - O mais velho quer definitivamente o seu prato de nestum! Assim que chego á sala , a bébé começa a chorar ao ver o prato do irmão. Digo ao mais velho para comer mais depressa, este até parece fazer de proposito e fica sem mexer os maxilares longos segundos entre cada colherada, a bébé chora.

 

08h40m - Dou de comer á bébé

 

08h55m - Começo a vestir o mais velho para ir para a pré. Este pula em cima da cama e é dificil enfiar-lhe algo pela cabeça. A bébé delira em cima da cama do irmão!

Depois de alguns gritos ele finalmente sossega para que se possa acabar de vestir!

 

Depois de o chamar 10 vezes o mais velho entra no wc para fazer a sua higiene diária!

 

09h15m - Volto á cozinha, faço o lanche do mais velho. Arrumo tudo dentro do saco. Ponho a bébé no carrinho. O mais velho traz dois ou tres carrinhos que a muito custo lá escolheu e finalmente por volta das 09.30m estamos na rua.

 

09h35m - Entramos na pré. O mais velho agarra-se a nós. Quer colo. Sento-me um pouco e mimo-o.

 

10h00m - Entro novamente em casa. Ponho a bébé a dormir. Olho em meu redor e apetece-me chorar!  Parece que passou um tornado dentro de casa!

 

10h10m - 11h30m - Arrumo todos os quartos, faço camas, apanho roupas do chão, fraldas ,tiro a roupa da maquina, ponho mais roupa na maquina, estendo a roupa, fervo biberões, tiro loiça da maquina de lavar, ponho mais loiça na maquina de lavar, arrumo wc, faço o almoço da bebe,

 

11h30- Ela acorda, vai brincar um pouco para o chão enquanto acabo de passar a fruta.

 

11h40 m - Dou almoço á bébé.

 

12h00m - Mudo roupa e fralda à bébé, volta a abrincar no chão. Eu volto á cozinha, desta vez para arrumar tudo o que sobrou do almoço dela. Lavo a loiça. Limpo as bancadas.

 

12h30m - Como qualquer coisa á pressa e sento-me 15 minutos ao computador para verificar o email.

 

13h00m -  Começo a trabalhar. Tiro tintas, guardanapos, telas etc. . . assim que acabo de pôr o pincel na mão a bébé começa a chorar pois tem sede.

 

14h30m - A bébé começa a chorar novamente, agora tem sono! Deixo tudo em cima da mesa e vou preparar-lhe o banho para à noite a confusão não ser maior! Dou-lhe banho e a seguir leite, deito-a na sua cama. Com sorte ela adormece na hora. Se não fica a chorar enquanto arrumo a casa de banho.

 

15h30m- Se a avó não puder, começo a arrumar tudo de cima da mesa para depois ir buscar o mais velho. Se a avó o trouxer aproveito para passar a ferro durante uma ou duas horas.

 

16h30m - Chego novamente a casa. Mudo a fralda á bébé que dorme ou não!

 

16h40 m - Dou banho ao mais velho, insiste novamente no nestum, mas agora não tem hipotese pois já lanchou na pré e vai directo para a cama.

 

17h15m - Volto á cozinha e começo a fazer o jantar.

 

18h00m - Se não dormiu ainda, esta é a hora em que a bébé se deixa dormir!

 

18h30m - O pai chega! Despe-se e conversa um pouco.

 

18h40 m - Acordamos o mais velho que fica muito mal humorado e chora, entretanto acorda também a bébé.

 

19h00m - Jantar ao mais velho, jantar á bébé.

 

19h45m - Jantamos nós e levantamos o rabo tres ou quatro vezes para os espreitar, ainda assim . . . 

 

20h10m - Arrumar a cozinha e deixar tudo a pronto para os biberões do deitar e da noite!

 

20h30m - Finalmente sento-me um pouco junto á familia. Sempre com mil olhos para os dois que brincam no chão!

 

22h00m - Já choram os dois! Querem dormir! Voltamos a cozinha.

 

22h10m - Levo o biberão que está no quarto com o pai. Mudo e visto mais uma vez a bebe e dou-lhe o leitinho.

 

22h30m - Beijo o mais velho e dou-lhe miminhos

 

22h40m - Sento-me no sofá e após 10m adormeço

 

23h00m - Arrasto-me para a cama

 

01h30m- Biberão á bébé

 

03h40m- Alguem reclama uma chucha perdida

 

06h00m - Dou um pontapé ao pai para que se levante . . . começa tudo outra vez 

 

 

E este é apenas uma amostra de um dia de quem supostamente não faz nada!

 

Vejamos então este dia na seguinte prespectiva:

 

Uma mulher a dias nos dias de hoje leva 6€  por cada hora de trabalho, assim sendo e sem contar horas nocturnas o meu dia de nada fazer tem 12 horas de trabalho!

 

Se as minhas contas não estão erradas 12 horas vezes 6 euros dá um total de 72 euros por dia! Isto vezes 6 dias por semana ( pois este trabalho não tem folgas), dá 432 euros por semana o que equivale a 1728 euros por mês!!!!

 

 

Como já disse é um trabalho mal pago e pouco reconhecido. Por tudo isto nada recebemos em troca, a não ser a satisfação de poder ver os nossos filhos crescerem!

O que não é nada mau, mas de qualquer forma acabamos por nos esquecer de nós!

 

 

 

 

publicado por maria às 15:12

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Nicole a 2 de Abril de 2013 às 13:40
Agora imagine o dia de uma mãe que trabalha e entra as 8 da manhã... Acorda as 6 da manhã e arranja-se em meia hora e de seguida arranca o filho da cama e dá-lhe o leite enquanto o veste e com sorte saem as 7 e 15 para a cresce... sai do trabalho vai buscar filho as 17:30 vai ao supermercado chega a casa tem de dar atenção ao filho, banho, arrumar a casa e ainda fazer o jantar... entretanto chega o pai e ajuda, tal como disse acima ajuda no que pode se lhe pedirem.... Assim que dá jantar ao filho deita o com mimos e depois toca a fazer as tarefas em casa e rezar que um dia possa pagar a uma empregada de limpeza ...

Como pode ver... ambas as realidades são duras, mas depois dos seus filhos irem para a escola sempre tem um tempo para as tarefas enquanto estão na escola... uma mãe que trabalha perde esse tempo no trabalho e nunca há uma pausa da rotina... porque no trabalho exigem também dela.
De SARA REVOREDO a 1 de Dezembro de 2009 às 12:54
Ena, que dia!

Gostaria de saber se estás interessado(a) em assinar as minhas duas petições online.

A primeira defende que, em caso de separação, os filhos devem permanecer à guarda da mãe (salvo excepções, claro). Está em http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N575

A segunda é a favor de toda a pessoa deficiente. Está em http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N134

Comentar post